Fies sem taxas de juros- Como funciona

Fies sem taxas de juros- Como funciona- Você quer fazer aquela faculdade, dos seus sonhos, mas não tem como pagar? O Fies – Financiamento Estudantil – pode ser a solução que você está esperando.

É um financiamento concedido a estudantes, matriculados em cursos superiores presenciais, não gratuitos e que tenham uma avaliação positiva junto ao MEC. A partir de 2018, foi noticiado, pelo governo federal, um novo Fies.

O que foi informado que 100.000 pessoas não irão pagar a taxa de juros. Atualmente, essa taxa gira em torno de 6,5%. Em 2018, serão abertas 300.000 vagas.

Juros do Fies 2018

Esse novo Fies terá 3 modelos:

  • É aquele para aqueles estudantes, que têm a renda, per capita, de até 3 salários mínimos, ou seja, a renda de todos os familiares. Todos precisam residir juntos, na mesma residência. Neste caso, não haverá taxa de juros.

 

  • O pagamento será feito por prestações, que serão pagas com parcelas de até 10% da renda mensal, descontadas automaticamente do salário . Eles fizeram isso por causa da inadimplência, que é muito alta. A previsão é que sejam disponibilizadas 100.000 vagas.

 

  • São para aquelas pessoas que têm a renda familiar, per capita, de até 5 salários mínimos. É direcionado para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A taxa de juros é de 3% mais uma correção monetária.

 

  • O pagamento é feito da mesma forma, mas é bom lembrar que as parcelas não podem comprometer mais de 10% da renda familiar. Serão disponibilizadas, cerca de 150.000 vagas.

 

  • Também a renda familiar tem que ser de até 5 salários mínimos. Ainda não tem uma taxa de juros definida, mas deve ser um pouco maior que 3% mas menor que as taxas cobradas pelos bancos.

 

  • O pagamento é da mesma forma que os outros. A ideia é que sejam oferecidas 60.000 vagas.
fies-sem-taxa-de-juros
Fies sem taxas de juros

Saiba tudo sobre:

Fies 2018

Isso é uma excelente oportunidade!  Para que todos os estudantes tenham acesso ao ensino superior e consequentemente tenham maiores chances de conseguirem um trabalho.

E não se preocupe, pois as parcelas só serão descontadas após você já estar empregado. Ou , quem sabe você já abriu um negócio! Neste caso, as parcelas serão descontadas dessa empresa.

O Governo resolveu tomar essa decisão, pois a taxa de inadimplência está girando em torno de 46%, ou seja, praticamente metade dos financiamentos contratados não estão sendo pagos.

Consulta devedor Fies

Uma outra mudança é que ,atualmente, o estudante tem um prazo de carência de 18 meses , após a conclusão do curso para começar a pagar.  A partir do ano de 2018, assim que você já conseguir um emprego formal, começa a saldar sua dívida.

Hoje em dia, o aluno tem acesso ao valor por semestre e a partir do próximo ano, saberá qual o valor de todo o curso.

Se você sonha com uma carreira, não desista! Essas novas regras, talvez se encaixem muito bem na sua renda familiar. Vale muito à pena tentar!

Deixe uma resposta