CNH Digital – Download, Cadastro, Instalação – Passo a passo

Tecnologia é sempre bom e facilita as coisa, não é mesmo? Pensando nisto que a partir do mês de fevereiro de 2018, mais precisamente no dia 1° será implantada a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Digital aprovado pelo o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito). Isso mesmo, será digital e segundo o governo ela terá a mesma validade que a CNH de papel que possuímos hoje.

Ela será visualizada, consultada através de aplicativo para Smartphone e permitirá que o usuário compartilhe a CNH pelo e-mail e também pelo aplicativo whatsapp para substituir o famoso documento autenticado. Além disso, o motorista poderá visualizar através também do aplicativo suas pontuações na CNH e quando a mesma estiver perto de vencer, ou seja, todas as informações importantes que o motorista precisa saber sobre sua CNH serão disponibilizadas.

Hoje, quando escrevo este post o estado pioneiro que tem a implantação da CNH digital e está em um projeto-piloto de implantação é o estado de Goiás. Para ter acesso a este modelo digital, o motorista já tem que estar com o novo modelo utilizado hoje de CNH com o QR Code, que é um código que consegue ser lido por aparelhos eletrônicos. Todos os estados terão o prazo final de janeiro de 2018 para implantar o novo sistema.

Para quem possui certificado digital, todo o processo para obter a CNH Digital é feita pelo site do Denatran, senão tem que comparecer ao Detran da sua cidade para realizar o procedimento. Para emissão feita no Detran, o valor vai variar de estado para estado, conforme cada Detran.

Hoje o aplicativo para Android e Apple (para Iphone) estão disponíveis somente como modelo, não é possível ainda baixar a CNH através do mesmo, pois a implantação está sendo acolhida ainda pelos estados, ou seja, o aplicativo disponível no momento é apenas uma demonstração.

Como estará no celular a pergunta que não cala é: e se eu perder ou roubarem meu celular? Para ter acesso a sua CNH é necessário acesso com uma senha de 4 (quatro) dígitos, ou seja, segurança. Se o celular for roubado/perdido e a pessoa possuir o certificado digital, poderá bloquear sua CNH através do portal de serviços do Denatra, senão é comparecer ao Detran para realizar o procedimento.

Um detalhe legal que após o primeiro acesso, não é mais necessário acesso à internet para ter os demais acessos a ela, ou seja, ela será disponível off-line. Lembrando que tudo isso é opcional para o motorista, podendo este continuar com sua CNH em papel se preferir.

Gosta de tecnologia e está preparado para esse tipo de “evolução” em documentação? Fique atento às notícias de seu estado que logo logo você terá acesso à CNH Digital.

 

Deixe uma resposta